Você sabia que a pele é o maior órgão do corpo humano? Em uma pessoa adulta ela chega a medir quase dois metros quadrados e a pesar cerca de 15% do peso do corpo - você imaginava tudo isso?
Pois é! Pode parecer muito, mas esse tamanho todo é porque a pele envolve o nosso corpo inteirinho, como se fosse uma embalagem. E não é uma embalagem qualquer, mas a melhor do mundo! Ela protege nosso organismo de traumas físicos, de microrganismos, de agentes agressores em geral, como poluição, além de absorver e bloquear os raios solares nocivos e de manter a temperatura do corpo.

Quer ter uma ideia da importância de uma pele forte e resistente? Então, vamos falar de bolachas. Isso mesmo: bolachas. Imagine um pacote de bolachas comum e uma lata de bolachas. Faça de conta que o pacote e a lata de bolachas caem no chão. Agora, me responda: quais bolachas sofreram menos danos: as da embalagem comum ou as que estavam na lata? Entendeu?! A embalagem comum é a pele fraca e malcuidada, e a lata é a pele forte, resistente, bem cuidada... A pele que você deve almejar para se manter sempre linda.



É por causa da importância da pele que vale a pena conhece-la um pouco mais. Mas não apenas por isso. Acontece que, atualmente, as propagandas de dermocosméticos têm utilizado cada vez mais explicações científicas para a eficácia de seus produtos, e você precisa saber do que estão falando. Mas pode ficar tranquila, porque não vou me estender muito nessa parte mais didática. Então, vamos lá?
A pele tem duas camadas principais: a epiderme, camada mais externa que oferece proteção ao organismo contra o meio ambiente, e a derme, camada mais profunda, responsável pela elasticidade da pele.
Epiderme
A epiderme é formada de cinco camadas e três tipos de células.
Na primeira camada (germinativa) ocorre, por assim dizer, o "nascimento" de novas células para repor as que perdemos no dia-a-dia. Na segunda (esinhosa), as células começam a se tornar resistentes ao atrito. Na terceira (granulosa), forma-se um rede de proteção contra substâncias estranhas. na quarta (lúcida), dá-se a impermeabilidade da pele (função barreira). E na quinta (córnea), que é o topo da pele, encontram-se basicamente as células mortas.

Quando fazemos uma esfoliação a pele se renova porque eliminamos as células mortas da cama córnea e ajudamos as células novas da camada germinativa a virem para a superfície da pele.

Tipos de células epiderme: Melanócitos são as células que produzem melanina (pigmento que protege a pele contra os efeitos nocivos da radiação solar); células de Langerhans são as células de defesa da pele; e células Merkels são as responsáveis pela sensibilidade de algumas áreas do corpo, como as pontas dos dedos.

Derme
A derme é uma camada espessa e flexível que fica embaixo da epiderme, servindo-lhe de sustentação. Nela ficam os vasos sanguíneos, os nervos, as glândulas sebáceas e sudoríparas, os folículos pilosos... E é nela que se encontram também as fibras de colágeno e de elastina, que dão resistência e flexibilidade à pele, e os vasos sanguíneos, que respondem pela circulação sanguínea, conduzem o calor e fornecem os nutrientes e as células de defesa do organismo contra infecções e outras agressões externas. É nessa camada da pele que age a maioria dos "produtos de beleza".

Informações retiradas do livro "Rosto & Pele - Dicas que valem anos de vitalidade" de Sônia Corazza.

Gostaram do post? Em breve teremos mais assunto para falar de pele.
Temos que saber que é muito importante cuidar dela. 
Beijos. 



6 Comentários

  1. muito legais as dicas!! muitas coisas que não sabia :D

    Passando para desejar uma ótima quarta!
    http://theredlilshoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Raquel cuidar da pele realmente é super importante, adoro as dicas :* beijãão

    http://deborah-alana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Muito boa a materia. Também é um alerta para aqueles que não tem o cuidado ideal com a pele.

    ResponderExcluir